CLAM - Principal  
EM DESTAQUE | entrevistas
Bolivia  
Publicada em: 22/08/2013

Mulheres e Violência Politica


A inclusão de mulheres na política no processo de refundação do Estado boliviano não consegue fazer-se efetiva devido ao ambiente hostil e às táticas violentas de seus pares partidários. As líderes em cargos eletivos estão ainda mais desprotegidas frente às agressões que o resto das mulheres, relata Maria Eugenia Rojas Valverde. (Texto em espanhol)
   
Chile  
Publicada em: 08/08/2013

Violência escolar por homofobia


No Chile, onde a taxa anual de suicídio entre jovens vem aumentando, o bullying homofóbico põe especialmente em risco os/as adolescentes LGBT. Para Carolina Bascunán, as políticas oficiais de saúde e educação podem exacerbar os efeitos do assédio, dano ou temor para os/as jovens.(Texto em espanhol)
   
Brasil  
Publicada em: 23/07/2013

Francisco continua sendo Bergoglio


O papa Francisco chega ao Brasil com a missão de arrebanhar fiéis afastados da Igreja Católica, cuja população no país caiu de 64% para 57% (Datafolha). Para Maria José Rosado (CDD), o novo Papa não representa mudanças em temas sensíveis à moral católica, como a dimensão reprodutiva e sexual da vida. Quando cardeal, Bergoglio sempre foi um ferrenho opositor dos direitos sexuais e reprodutivos.
   
El Salvador  
Publicada em: 10/07/2013

Erro judicial?


Em El Salvador, organizações sociais têm denunciado a criminalização de mulheres que sofrem abortos espontâneos e abusos na aplicação de penas por aborto induzido. Abraham Abrego, da Fundação de Estudos para a Aplicação do Direito, fala sobre o problemático tratamento legal destes casos e o contexto de proibição absoluta do aborto naquele país.(Texto em espanhol)
   
Uruguai  
Publicada em: 03/07/2013

Fracasso no Uruguai


A sociedade uruguaia respaldou os direitos das mulheres ao não aderir ao chamado de referendo para revogar a lei que descriminaliza o aborto. Lucy Garrido, integrante do Cotidiano Mujer, fala ao CLAM sobre os bastidores das mobilizações a favor e contra a lei. Para ela, derrota oposicionista "reafirma a sociedade laica". (Texto em espanhol)
   
Pelo mundo  
Publicada em: 03/07/2013

O inferno não são os outros


Pesquisa da antropóloga Hilda Maria Gaspar Pereira aponta que a articulação entre mídia e políticas imigratórias na Itália tem manipulado o panorama da violência de gênero como pretexto para medidas xenófobas. Dessa maneira, a violência doméstica, que cresce a cada ano e é perpetrada majoritariamente por italianos, tem sido escondida em um país com forte tradição patriarcal.
   
Argentina  
Publicada em: 12/06/2013

Prostituição criminalizada


A perspectiva abolicionista adotada pela Argentina considera as pessoas que exercem a prostituição como vítimas da violência e do tráfico de pessoas. Eugenia Aravena, secretária-executiva da organização AMMAR Córdoba, explica que, ao tornar a atividade um ofício clandestino, este marco legal criminaliza as pessoas que a exercem e facilita uma maior exploração.(Texto em espanhol)
   
América Latina  
Publicada em: 06/06/2013

Direitos inconstitucionais?


Na Nicarágua, setores religiosos e uma parcela de juristas pressionam para derrubar ou modificar a Lei de Violência contra as Mulheres, argumentando que ela atenta contra os direitos dos homens. Elia Palacios, da organização Red de Mujeres contra la Violencia, defende a legislação e avalia sua situação atual.(Texto em espanhol)
   
Brasil  
Publicada em: 15/05/2013

Casamento gay: uma possibilidade concreta


Na semana em que se comemora o Dia Mundial de Combate à Homofobia (17 de maio), resolução do Conselho Nacional de Justiça brasileiro obriga cartórios a converterem uniões estáveis homossexuais em casamento. Para a advogada Maria Berenice Dias, a resolução do CNJ coloca em posição de igualdade as múltiplas possibilidades de conjugalidade.
   
Chile  
Publicada em: 08/05/2013

Mães lésbicas: a luta pela igualdade


Um ano depois da Corte Interamericana de Direitos Humanos decidir a favor de Karen Atala, a quem o Estado chileno havia negado a guarda de suas filhas em 2004 por conta de sua orientação sexual, a justiça nega novamente o direito à maternidade a um casal chileno de lésbicas, neste caso por reprodução assistida. Leia entrevista com Camila Maturana, representante legal do casal. (Em espanhol)
   
Página 4 de 38
Navegação por TAGS

IMS/UERJ - R. São Francisco Xavier, 524, 6º Andar, BL. E - 20550-013 - Rio de Janeiro - RJ - Brasil